A gigante editorial Random House compra Ediciones B

O gigante editorial Random House, com mais de 250 editoras espalhadas pelos 5 continentes, finalmente fechou a compra da Edições B, para um total de 40 milhões de euros. Desta forma, Ediciones B deixa de pertencer ao grupo Zeta ao qual pertencia até agora.

O que isto significa? Que nosso querido "Mortadelo e Filemon" ou o famoso "Superlópez" Não são mais espanhóis, embora fossem originalmente, é claro ... As Ediciones B marcaram uma grande presença não só na Espanha, mas também no mercado latino-americano, destacando-se na ficção e não ficção, infanto-juvenil, livros ilustrados e quadrinhos históricos para adultos. Atualmente, seu catálogo também inclui nomes da literatura atual, como Patricia Cornwell, PD James, Brandon Sanderson. Sarah Lark, John Katzenbach, Bernardo Stamateas, Deepak Chopra, Anne Rice ou David Baldacci.

Conforme publicado pela editora Penguin Random House, Nuria Cabiti Brull, que até agora ocupava o cargo de CEO diretor geral das Ediciones B, continuará em seu cargo juntamente com o até então também diretor geral das Ediciones B, Romano de vicente. Eles também confirmaram que haverá aproximadamente 2.000 livros por ano, um número muito bom considerando o mercado atual de livros.

Aos poucos, a Random House está conquistando grande parte do mercado literário. Lembremos que já em 2014 assumiu o poder de Alfaguara que na época pertencia ao grupo Prisa, pelo qual pagou gritantes 72 milhões de euros. Isso atualmente deixa dois grandes editores em oposição no que diz respeito ao nosso país: Espanha. Por um lado, haveria este gigante editorial da Random House e por outro Grupo Planeta, bem conhecido por todos.

Por outro lado, o que acontecerá com o Grupo zeta agora? Isso se concentrará principalmente em seu ativos jornalísticos. Zeta atualmente tem 'El Periódico de Catalunya', 'Interviú', 'Sport', 'Cuore' e 'Clima'. Na boca de Antonio Asensio Mosbah, presidente do Grupo Zeta:

“Estamos em um momento - ele especificou - em que enormes esforços são necessários para lidar com o processo de transformação digital da mídia e manter a qualidade e o prestígio de nossas marcas e cabeçalhos”. As Ediciones B continuam nas mãos de uma das melhores editoras do mundo. É muito relevante ter chegado a esse acordo com a Penguin Random House. As Ediciones B continuam nas mãos de uma das melhores editoras do mundo, o que é uma garantia total para continuar sua projeção de sucesso.

Esperamos que a mudança seja para melhor no que diz respeito ao mundo literário.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

bool (verdadeiro)