Paula Gallego. Entrevista com o autor de A tinta que nos une

Fotografia: Site de Paula Gallego.

Paula Galego, Além de escritora, é professora e filóloga e já publicou alguns romances com editoras como Kiwi, Escarlata e Planeta. Entre seus títulos estão Cristal, o guerreiro esmeralda, que foi finalista do Prêmio Ateneo de Novela Joven de Sevilla, 13 horas em Viena, 3 noites em Oslo, Um dia de inverno, 7 semanas em Paris, respire, Uma tempestade de fogo. O último é A tinta que nos une, que lançou este ano. Eu realmente aprecio seu tempo e gentileza em Nesta entrevista que ele me concedeu.

Paula Gallego - Entrevista 

  • NOTÍCIAS DE LITERATURA: La tinta que nos une é o seu último romance. O que você nos conta sobre isso e como surgiu a ideia?

PAULA GALEGO: A tinta que nos une é um romance que fala de esperança, família e amor em todas as suas formas: amor pelos amigos e pela família que escolhemos, amor por si mesmo e amor pela liberdade. Sua história surgiu com Hasret. Ela foi a primeira a aparecer na minha cabeça, pronta para falar. Então Anik e Kael vieram e com eles todo o resto. Tudo se encaixava perfeitamente: os acontecimentos históricos reais, as datas, as pequenas coincidências ... Essa história estava lá para eu escrever.

  • AL: Você se lembra do primeiro livro que leu? E a primeira história que você escreveu?

PG: Não foi o primeiro que li, mas foi o primeiro que me fez entrar plenamente no mundo da leitura: Memórias de Idhun. As primeiras histórias que escrevi foram contos; e o primeiro romance propriamente dito foi uma história de fantasia que publiquei por conta própria aos 17 anos.

  • AL: Um redator principal? Você pode escolher mais de um e de todas as épocas. 

PG: Vou dizer para Leigh Bardugo, Holly Black e Sarah J. Maas.

  • AL: Que personagem em um livro você gostaria de conhecer e criar? 

PG: Judede O príncipe cruel. Ele me parece um personagem muito bem desenvolvido e interessante, com mil arestas diferentes. Sem dúvida, ela é uma das minhas personagens literárias favoritas e eu adoraria conhecê-la.

  • AL: Algum hábito ou hábito especial quando se trata de escrever ou ler? 

PG: Eu leio de manhã e escrevo à noite. Gosto de escrever quando terminar o resto das minhas obrigações, como uma recompensa.

  • AL: Qual é o seu local e hora preferidos para o fazer? 

PG: Meu lugar favorito ler é na sala de estar, ao lado da minha livraria e minhas mesas com plantas e livros. Para escrever eu gosto estar em meu escritório, com minhas rolhas cheias de ideias, minha mesa bagunçada, meus livros nas prateleiras e o gato dormindo ao meu lado.

  • AL: Existem outros gêneros que você gosta? 

PG: Meu gênero favorito, tanto para leitura quanto para escrita, é fantasia. Eu também gosto muito de ficção científica. Acho que esses são os três subgêneros que mais gosto: cenário histórico, fantasia e ficção científica.

  • AL: O que você está lendo agora? E escrever?

PG: Estou terminando de ler Rainha do nada de Holly Black, e agora estou trabalhando no polimento da segunda e última parte do suspiro negro; a continuação de Uma tempestade de fogo.

  • AL: Como você acha que é o cenário editorial para tantos autores quanto eles querem publicar?

PG: Eu acho que é um mundo que requer muito trabalho e esforço, e também muita sorte. No entanto, graças às editoras emergentes, há cada vez mais possibilidades de publicar um livro. O mercado está maior do que há algumas décadas.

  • AL: O momento de crise que estamos vivenciando está sendo difícil para você ou você pode guardar algo positivo para histórias futuras?

PG: Acho que tudo o que vivemos pode nos ajudar de alguma forma, mas não gostaria de banalizar algo que tem feito tantas pessoas sofrer. Por enquanto, você tem que resistir, vá em frente e espere que tudo melhore.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.