Neste dia nasceu a autora de «Pequenas Mulheres»

Mulheres pequenas

Em um dia como hoje, 29 de novembro, mas no ano de 1832, Louisa May Alcott, o autor do famoso romance de televisão de «Mulheres pequeninas».

Louisa May Alcott, como muitos outros escritores da época, teve que escrever sob um pseudônimo, neste caso o dela foi AM Barnard, e sob ele escreveria uma série de romances que tratavam de vários assuntos tabus para a época, como incesto ou adultério.

Em contraste com seu romance «Mulheres pequeninas» publicado em 1868, ele escreveria mais tarde, especificamente três anos depois, outro trabalho intitulado "Homenzinho" que foi publicada em 1871. Se a primeira foi inspirada nela e na vida de suas irmãs, ou seja, teve algo de autobiografia, a segunda, a de "Homenzinho" foi inspirado na vida de seus sobrinhos.

Essas duas obras, junto com outra intitulada Jo's Boys e como eles se tornaram: uma continuação de Homenzinho ", Eles foram os mais notáveis ​​do autor norte-americano, no entanto, ela escreveu mais alguns:

  • "A herança" (1849, não publicado até 1997).
  • "Humores" (1865).
  • "A chave misteriosa e o que foi aberto" (1867).
  • "Uma garota antiquada" (1870).
  • "Livro das maravilhas de Will" (1870).
  • "Trabalho: Uma História de Experiência" (1873).
  • “Recomeçar, sendo uma continuação do trabalho” (1875).
  • "Oito primos ou tia-colina" (1875).
  • "Rosa em flor: uma sequência de oito primos" (1876).
  • "Sob os lilases" (1878).
  • "Jack e Jill: A Village Story" (1880).

Sinopse do livro «Mulheres Pequenas»

«Mulheres pequeninas» A famosa obra de Louisa May Alcott é baseada no texto completo da primeira edição de 1868, com a adição de muitos parágrafos que foram suprimidos em versões posteriores. O romance conta a história das irmãs March, quatro meninas que viviam em uma cidade da Nova Inglaterra enquanto a guerra civil grassava nos Estados Unidos. Quase cento e cinquenta anos se passaram desde aquele distante 1868, mas a cumplicidade de Meg, Beth, Amy e Jo com as outras mulheres não morreu.

A edição que mais gostamos deste livro e que atualmente está à venda é uma livro de imagens, editado por Lúmen Editorial, que contém páginas 360 e é de Capa dura. A capa já dá vontade de tê-la se você gosta desse tipo de novela.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Um comentário deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   Jeniffer Patino dito

    Excelente.