Num dia como hoje Vicente Aleixandre faleceu

vicente-aleixandre

Num dia como hoje, especificamente 14 de dezembro de 1984, Vicente Aleixandre faleceu em Madrid. Foi uma das figuras poéticas mais importantes da famosa Geração dos 27, da nossa literatura espanhola e hoje queremos recordá-lo e prestar-lhe uma pequena homenagem.

Se você não conhece um pouco da vida e da obra deste autor espanhol, hoje é a hora. A seguir, vamos resumir as notas mais importantes do vida e obra de Vicente Aleixandre.

Vida e trabalho

Vicente Aleixandre nasceu em sevilha Em meados da primavera, em 26 de abril de 1898, embora grande parte de sua infância fosse passada em Málaga, para mais tarde se mudar para Madrid. Dizem que foi sua saúde debilitada que determinou que este autor se dedicasse inteiramente à poesia. Durante a Guerra Civil e depois desta, permaneceu na Espanha, tornando-se assim professor dos novos poetas que iam surgindo.

Sua produção poética pode ser dividida em três etapas principais:

  • La primera É anterior à Guerra Civil e é caracterizada por um desejo de comunicação e fusão com a natureza. Ele sente que é preciso se unir à terra e às plantas e animais que nela vivem, deixando de lado a realidade individual do ser humano. Isso se deve, talvez, ao seu sentimento de fraqueza e fraqueza, em que se viu como um ser inferior ao resto continuamente exposto ao sofrimento sua grande sensibilidade. É nessa época que é publicado "Espadas como lábios" (1932) y "Destruição ou amor" (1935). Em seus versos, o sentimento de amor e morte estão intimamente ligados: o amor é concebido como algo forte e positivo que destrói a perspectiva individual do ser humano.
  • em segundo palco, já após a Guerra Civil, encontramos o Vicente Aleixandre mais solidário com obras como "Shadow of Paradise" (1944) ou «História do coração» (1954).
  • Na sua terceiro e último estágio poético e vital, encontramos o "Poemas da consumação" y “Diálogos de conhecimento” (1974), em que o autor toma consciência da própria velhice e se confronta pessoalmente com a ideia da morte.

No ano 1977, Vicente Aleixandre recebeu o Prêmio Nobel de Literatura e também foi membro da Royal Academy of the Language.

3 poemas de Vicente Aleixandre

vicente-aleixandre-2

A seguir, deixamos vocês com 3 poemas deste grande autor espanhol:

AMANTE

O que eu não quero
é dar-lhe palavras de sonho,
nem espalhar imagem com meus lábios
na sua testa, nem mesmo com o meu beijo.
A ponta do seu dedo
com sua unha rosa, pelo meu gesto
Eu pego, e, no ar feito,
Eu dou a você.
Do seu travesseiro, graça e oco.
E o calor de seus olhos, estranho.
E a luz dos seus seios
segredos.
Como a lua na primavera
uma janela
nos dá um fogo amarelo. E um estreito
bater
parece fluir de volta para você de mim.
Não é isso. Não será. Seu verdadeiro significado
o resto já me deu,
o segredo legal,
a covinha engraçada,
o canto fofo
e a manhã
alongamento.

ELE SE ESQUECEU

Não é o seu fim como uma taça vã
que você tem que se apressar. Largue o capacete e morra.

É por isso que você levanta lentamente em sua mão
um brilho ou sua menção, e seus dedos queimam,
como uma neve repentina.
Ele está lá e não estava, mas estava e está em silêncio.
O frio queima e nos seus olhos nasce
sua memória. Lembrar é obsceno
pior: é triste. Esquecer é morrer.

Ele morreu com dignidade. Sua sombra se cruza.

JUVENTUDE

Estadia ensolarada:
Aonde você está indo, olha?
Para essas paredes brancas
fechamento de esperança.

Paredes, teto, piso:
segmento restrito de tempo.
Fechado nele, meu corpo.
Meu corpo, vida, magro.

Eles vão cair um dia
limites. Que divino
nudez! Peregrino
luz. Felicidade, felicidade!

Mas eles serão fechados
olhos. Demolido
paredes. Para o cetim,
estrelas fechadas.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.