O apelo de John Grisham

Hoje está à venda em Espanha o (até agora) último romance do escritor John Grisham, O apelo. A expectativa é grande, portanto a primeira tiragem não será inferior a 150.000 exemplares.

É o retorno de grisham ao thriller de advogado, um gênero que ele não frequentava desde o romance O homem do meio,

O apelo toca na questão candente do meio ambiente, já que no romance uma multinacional química polui as reservas de água de uma cidade americana. Essa contaminação traz consigo um aumento dos casos de câncer na população. Por esse motivo, a empresa é condenada por um tribunal a pagar uma cifra milionária, mas um advogado entra com recurso perante o Suprema Corte do Estado… A partir daí, intriga e suspense não faltarão.

O romance se passa no mundo dos advogados, mas também aborda a questão das "influências" da política, e dos políticos, no judiciário.

Na sua vez, O apelo busca destacar os advogados e o papel que desempenham em sociedades como a norte-americana.

John Grisham nasceu em Arkansas em 1955, formou-se em direito em 1981 e é pai de dois filhos. Ele é o autor de romances como Hora de matar, A capa, O cliente y Câmara de gás, alguns deles excelentes best-sellers (outros, como o Pelican Report foram levados ao cinema).

Suas obras foram traduzidas para mais de 40 idiomas, apenas em Estados Unidos, homem cinzento Já vendeu 150 milhões de livros, e a partir de hoje você pode comprar seu romance mais recente nas livrarias espanholas, e depois lê-lo e dar-se o prazer de dar sua opinião sobre a obra desse homem.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

17 comentários, deixe o seu

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

  1.   Salvador dito

    Não tive a oportunidade de ler nada deste autor, qual você recomenda para começar?

  2.   pimenta dito

    Recomendo Time to kill, seu primeiro romance, às vezes é bom começar do começo ...

  3.   Beatriz dito

    Tenho 24 anos e leio este escritor há 7 ou 8 anos.
    Para mim, sem dúvida, ele é o melhor escritor.
    É fácil de ler, no qual você aprende muitas coisas com a maneira como escreve, etc ...
    Não tenho palavras para descrevê-lo como escritor.
    Recomendo a todos, não irá decepcioná-los, garanto.

  4.   cuajomon dito

    Estou lendo o Apelo agora, parece um romance fácil de entender e, acima de tudo, divertido….

    Eu realmente recomendo o romance para você, então sim ... Eu li o Psicanalista antes, e posso te dizer que gosto mais da narrativa de Jhon Katzenbac (quem sabe como escrevê-la) é mais envolvente ...

    lembranças

  5.   Nieves dito

    Ele é um bom escritor. Todos os seus livros são divertidos e interessantes.

  6.   evangélica dito

    La verdad es que el libro «La Apelación» me pareció muy aburrido y hasta parece que no lo escribió John Grisham, cada una de las páginas de sus demás historias son emocionantes e interesantes, excepto «La Apelación» y «La Granja» que tampoco gostei.

  7.   Lila dito

    Acho The Appeal muito divertido, mas o assunto é banal.
    c. Filmes sobre o assunto já foram feitos. Mas isso me diverte.

  8.   javier dito

    Fiquei decepcionado, esperava um final antagônico. Lamento ter perdido meu tempo. Conheça esse autor e neste trabalho ele não estava à altura.

  9.   Ludy Castaneda dito

    Ele é um escritor magnífico, a câmera, o relatório Pelican, a capa, o apelo, tudo isso é bom. Gostaria de mais informações sobre sua vida pessoal, dizem apenas que é advogado, não conheço nada familiar e quando você admira um autor quer conhecê-lo melhor pessoalmente. Obrigado

  10.   JULIO CESAR dito

    Estou terminando de ler O APELO, é o primeiro livro de Grisham que leio, e na verdade é o primeiro que vou terminar de ler, excelente, ele me deixou mais interessado em ler, fez minha imaginação despertar mais e Espero terminar rapidamente, independentemente do fim, já que ele apenas fala a verdade. Estou ansioso para começar a ler seus melhores trabalhos

  11.   banheiro dito

    excelente livro, fácil de entender. eloquente.

  12.   Milililongas dito

    Apenas lendo o começo do romance você sabe onde as cenas vão terminar. Final triste para um romance que poderia ter terminado de forma diferente. Não é adequado para quem gosta de finais felizes porque este não tem de forma alguma.

  13.   esguio dito

    A verdade é o único livro que li e ele tem sido O TESTAMENTO e me pareceu muito bom.Eu sou o próximo a ler o projeto Williamson e tenho muitas expectativas.É meu segundo escritor favorito depois de Carlos Ruiz Zafon.

  14.   El Gordo dito

    Esse cara dá muitos dados insignificantes que não fazem muito sentido na hora de procurar um romance, entendo que o gênero ao qual pertence o apelo exige, mas ele fornece muitas informações sobre os personagens que para o meu gosto não fazem sentido, além que seus romances são bastante divertidos ...
    Eu recomendaria um saramago e se você gosta de policial, eu diria que você deveria ler um pouco de guillermo martines, um escritor argentino que sabe como nos pegar

  15.   Natália Ardiles Lobos. dito

    Olá, sou estudante de Direito e meu professor de política pediu que lêssemos O RECURSO, alguém sabe qual é a abordagem política que se dá ao livro ???? ... além desse livro vamos ler outro MAS TUDO PARA UM ÚNICO TESTE TERRÍVEL!
    BOAS SAUDAÇÕES A TODOS.

  16.   Ruben dito

    Encontrei um livro divertido sem mais. A princípio apontou caminhos, mas aos poucos foi esvaziando. Alguns capítulos ficam entediantes. O final parecia simples e estúpido, aparentemente esse homem estava com pressa para terminá-lo.

  17.   Ruben dito

    Encontrei um livro divertido sem mais. A princípio apontou caminhos, mas aos poucos foi esvaziando. Alguns capítulos ficam entediantes. O final parecia simples e estúpido, aparentemente esse homem estava com pressa para terminá-lo.

bool (verdadeiro)