Narrativa ECC

ECC lança a publicação de uma linha dedicada à narrativa.

Bem, para a surpresa de muitos, entre os quais me encontro, O Catálogo de Quadrinhosum ECC como se sabe, anunciou ontem por meio de extenso comunicado que vai lançar uma linha narrativa. A verdade é que eles têm que estar muito seguros de que o material que vão publicar é bom, porque aquele que está caindo (recentemente foi publicado um relatório sobre a queda na publicação de livros na Espanha) é no mínimo arriscado. Certamente aplaudo a iniciativa. A declaração completa abaixo:

Não é segredo que a cena editorial em espanhol não está passando por seu melhor momento. Nesse contexto, o lançamento de novas linhas editoriais pareceria um projeto fadado ao fracasso. A percepção geral é que nosso país está lendo cada vez menos. Mas isso é verdade?

Se tivéssemos que julgar a demanda pela oferta, poderia ser assim. As mesas da livraria acumulam os (muitas vezes tentativas de) best sellers, cada vez mais literatura de "gênero" e a recuperação um tanto desordenada de fundos editoriais. Embora existam grandes propostas (geralmente de pequenas editoras), a verdade é que está cada vez mais difícil para o leitor nadar entre os diferentes lançamentos que enchem as mesas da livraria mês após mês.

A competição por esse espaço, somada à queda nas vendas, tem reduzido a vida média do livro na livraria, de forma que quase ninguém edita e / ou expõe para gerar um catálogo de longo prazo.

Colocando assim, a representação autoral é, portanto, escassa, e a organização na biblioteca ideal, impossível: faltam livros, faltam autores, existem muitos países com pouca e má representação e é difícil encontrar livros desatualizados.

Além disso, na seção de traduções, não é incomum encontrar livros traduzidos de uma língua-ponte (japonês ou chinês são traduzidos do inglês ou do francês com muita frequência, sem ir mais longe).

Então, o problema é que as pessoas não leem ou não damos às pessoas o que elas querem e como querem ler? É possível que parte do problema seja que perdemos a confiança de nossos leitores?

Claro, nem todos os editores são criados iguais, e há cada vez mais projetos de editores de tamanho modesto fazendo um trabalho excepcional de seleção e tradução, bem como design de prefácio e título. E é aí que entra o ECC e nosso compromisso com a narrativa, após anos de experiência em quadrinhos.

O ECC parte do pressuposto de que ainda existem leitores, mas é necessário um tratamento diferente: precisam de traduções competentes, de livros bem selecionados e bem apresentados ... mas também precisam de continuidade (das obras, dos autores) e coerência.

As colecções Perimeter e Parameter da ECC nasceram precisamente com esse espírito: procuramos leitores. Em troca, apresentaremos ótimos livros, trabalhos completos e traduções consistentes ao longo de nossa aventura editorial.

O compromisso da ECC é oferecer ao mercado algo que acreditamos estar faltando e oferecer ao público um produto sólido que resista ao passar do tempo nas prateleiras das livrarias e que faça jus a alguns autores que até agora não tiveram conhecimento suficiente em nosso país ou o fizeram de maneira desordenada.

A Parameter reunirá obras de autores literários de alto calibre que não tenham chegado ao mercado espanhol, ou que tenham desaparecido, ou que simplesmente não tenham sido publicadas. O primeiro trabalho, Todo Malgudi, quer enviar a mensagem em alto e bom som. Seu autor, RK Narayan é um dos melhores escritores indianos de língua inglesa de toda a história (e na verdade o primeiro de sucesso) e ainda assim só foi publicado esparsamente em nosso país, muitas vezes enfatizando sua “indianidade” em sua obra muito transcende essa caracterização.

Perimeter, por sua vez, também se concentrará em obras narrativas, mas não literárias: história, reportagem e obras biográficas. Narrativas de escritores que não inventam, mas veem e relatam. O primeiro trabalho da coleção, Obra Jornalística Completa de Albert Londres, também quer deixar claro para onde vão os planos. Albert Londres foi um escritor fundamental, um dos iniciadores do jornalismo investigativo e um lutador incansável pelas causas perdidas que, por exemplo, e ainda na década de 20, fez com que seu governo (francês) fechasse a prisão de Caiena após as reações que geraram sua artigos entre o público em seu país. Sua obra, porém, é praticamente desconhecida em nosso país.

Por fim, na ECC também gostamos de nos divertir, e para isso criámos a linha Álter Ego. Como o próprio nome sugere, esta linha editorial tratará obras de outro estilo: literatura de gênero, mas com um toque especial. A primeira trilogia que coletaremos neste rótulo não é nem mais nem menos que o título de sucesso mais rápido e esmagador da Índia, possivelmente em toda a história do século XX. É a Trilogia Shiva, obra que já vendeu, só na Índia e na língua inglesa, mais de 2.000.000 de exemplares em pouco tempo, cujas adaptações para o cinema já estão sendo feitas e que não para de bater recordes em seu país, em além de cruzar fronteiras com edições em todo o mundo.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.

bool (verdadeiro)