Livros de Elvira Sastre

Neste último ano, na web, aumentou a procura por "Elvira Sastre Libros". E isso não é surpreendente, porque esta jovem espanhola de apenas 29 anos é poetisa, escritora, filóloga e tradutora. Ela publicou com sucesso várias coleções de poemas e recebeu o Prêmio Short Library 2019 após apresentar seu primeiro romance: Dias sem você (2019).

Sastre é considerada uma das escritoras mais destacadas de sua geração, tanto nacional quanto internacionalmente. Entre os reconhecimentos mais recentes, a revista Forbes (em sua edição de 2019) incluiu-o entre os "cem mais criativos", uma lista exclusiva apresentando apenas os talentos mais extraordinários do mundo.

Breve resumo da vida de Elvira Sastre

No verão de 1992, a cidade espanhola de Segóvia viu o nascimento de Elvira Sastre Sanz. Graças a seu pai, sua infância passou entre livros; ele a encorajou a adorar ler desde muito jovem. Uma amostra disso é que com apenas 12 anos conseguiu escrever sua primeira composição poética. Três fontes depois, a jovem criou seu blog Relocos e Memórias (Ainda ativo).

O primeiro reconhecimento obtido graças à sua caneta foi o prêmio de poesia Emiliano Barral, concedido por seu conto Saudade. Anos depois, ele viajou para Madrid para obter seu diploma universitário em Estudos Ingleses. Paralelamente à carreira, sua vida de poetisa começou a ter um grande boom na capital espanhola. Isso lhe permitiu conviver com personalidades renomadas no campo das letras, até mesmo vindo para compartilhar uma plataforma.

Obras literárias

Em 2013, Sastre publicou sua primeira obra poética, a que chamou Quarenta e três maneiras de soltar o cabelo. O prólogo da obra é do escritor Benjamin Prado. Meses depois, a editora Valparaíso Ediciones foi contratada para lançar sua segunda coleção de poemas, Baluarte (2014). Esta obra ainda se mantém nas primeiras posições dos livros de poesia mais vendidos na Espanha, tendo também uma grande aceitação na América Latina.

O próximo post de Elvira Sastre foi Ninguém dança mais (2015) uma compilação de seus dois primeiros livros com a inclusão de alguns novos poemas. Nessa época, concluiu o curso de especialização em Tradução Literária (Universidade Complutense de Madrid), fortalecendo-se como tradutora para fazer suas primeiras transcrições na área. Alguns dos livros que ele traduziu até agora são:

  • Filhos de Bob Dylan (Gordon E. McNeer)
  • Poemas de amor (Oscar Wilde)
  • Uma conexão ilógica (John Corey Whaley)

Sua produção literária continuou com duas coleções de poemas: A solidão de um corpo acostumado à ferida (2015) y Aquela nossa costa (2018). Além disso, se envolveu no jornal El País, realizando a redação semanal do artigo Madri me mata. Elvira estreou como romancista com Dias sem você (2019), publicação que lhe rendeu a distinção: Prêmio Biblioteca Curta do mesmo ano. A seguir, ele apresentou sua última edição focada em crianças: Coisas ruins não acontecem com cachorros bons (2019).

Livros de Elvira Sastre

Quarenta e três maneiras de soltar o cabelo (2012)

É o primeiro livro apresentado por Elvira Sastre, com o qual se aventura na poesia espanhola contemporânea. A obra é composta por 43 poemas carregados de emoções diversas, com as quais muitos se identificaram. Cada palavra representa um ato de coragem, liberação e alívio diante de sentimentos de opressão e mal-estar.

Baluarte (2014)

Elvira Sastre apresenta sua segunda obra por meio de uma coleção repleta de poemas com ares de renovação, que deixam uma marca da autora a cada linha escrita. A poesia expressa aborda temas do cotidiano, como: amor, decepção, alegria, luto, amizade e até questões sexuais.. A poetisa se expressa com total sutileza por meio de palavras frescas e leves, mas cheias de ímpeto.

Baluarte Tem sido um sucesso para a jovem escritora, isso - em parte - graças ao fato de que sua editora foi capaz de se expandir para o público latino-americano. Depois de se posicionar entre as coleções de poemas mais solicitadas de seu país natal, a obra conquistou múltiplos adeptos em países como o México e Argentina.

Dias sem você (2019)

Com este trabalho romântico, o escritor fez uma incursão forte no gênero do romance; nas entrelinhas mostra uma história repleta de muitas reflexões e ensinamentos. O enredo apresenta dois personagens principais: uma avó e seu neto; eles narram suas experiências de amor de dois pontos de vista totalmente diferentes.

Este título rendeu a Sastre o prêmio 2019 Brief Library Award, evento no qual participaram como júri os renomados professores: Agustín Fernández-Mallo, Rosa Montero e Lola Larumbe.

Sinopse

Dias sem você relata a camaradagem entre uma avó (Dora) e seu neto Gael, um jovem escultor. O enredo apresenta dois cenários. No primeiro, Dora - uma professora na época da República - conta a Gael sua história de amor. Esta experiência está carregada de detalhes altamente sensíveis, embora seja contada com muita franqueza. A velha dá ao jovem conselhos valiosos com base em sua experiência de tantos anos, sem saber as dificuldades que estava passando.

A segunda foto nos mostra que Gael está sofrendo de uma separação recente.. Porém, cada uma das palavras sábias que vem de sua avó está deixando-lhe um grande ensinamento que o ajudará gradativamente a superar sua situação. Assim se desenvolve uma trama com a qual muitos puderam se identificar, com temas tão profundos como o amor e a vida.

Coisas ruins não acontecem com cachorros bons (2019)

Esta comovente história é a última parcela de Elvira Sastre; o trabalho foi sutilmente acompanhado por ilustrações infantis. No livro, a caneta de A jovem escritora conta uma experiência que marcou a sua infância e que está ligada a uma pessoa muito querida: um cão. Cada linha deste poema em prosa aborda questões da maior importância, como família e a morte de um ente querido.

No título, A autora apresenta seu ponto de vista sobre um dos tabus da sociedade: falar sobre a morte às crianças. A esse respeito, o poeta disse: “É um absurdo evitar falar sobre a morte, mais cedo ou mais tarde você terá que lidar com ela”.

Sinopse

Este romance conta a história de um cachorro chamado Tango. A peça é narrada em detalhes por uma menina de 5 anos, que considera o animal como parte de sua família. Ao longo das páginas do livro - e junto com cada momento contado - você pode ver imagens das experiências entre eles, incluindo o momento em que o cão deixa este mundo.

Sem dúvida, esta é uma situação difícil para qualquer pessoa. Não obstante, a doce e inocente perspectiva da menina torna tudo mais digerível, deixando um grande ensinamento sobre a sabedoria infantil.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.