Como escrever um romance: as histórias inseridas

Mulher digitando

Como temos dito ao longo esta monografia, todo romance aspira ser confiável, para que o leitor sinta que é real enquanto o lê.

É por isso que o uso de histórias incorporadas é uma ferramenta inestimável. A vida é cheia de histórias, a gente ouve no rádio, na televisão, na fila da padaria, no trabalho, em casa, às vezes somos nós que contamos ... por isso não deveriam estar no nosso romance ausente se pretendemos fazer com que pareça vida real.

Este procedimento, que dá grande verossimilhança ao trabalho, consiste em inserir histórias secundárias na história principal, no que muitos chamam de procedimento da boneca russa ou caixa chinesa.

Às vezes são os próprios personagens que se encarregam de contar essas histórias, tornando-se momentaneamente narradores, outras vezes será algo que leram em um livro ou em alguma mídia, ou que ouviram por acaso, na televisão, no rádio ou no ônibus. Pare. Existem muitas maneiras de inserir histórias incorporadas, mas a premissa principal é saber como abrir e fechar os parênteses com maestria para que a história inserida seja percebida como lógica e natural, e não como um cortador de cola forçado.

Também é essencial observar que Deve ser narrado no estilo da pessoa que o contaSe for personagem, será narrado com voz própria, se for um locutor de rádio que o referencia, será narrado com o estilo que os locutores deveriam ter.

Para terminar este ponto, podemos olhar para trás para ver como na literatura este procedimento sempre esteve muito presenteTomando como exemplo nem mais nem menos que Dom Quixote, a obra-prima de Miguel de Cervantes, que em mais de uma ocasião extrai este recurso com grande sucesso. Outras vezes, o procedimento de que estamos tratando passa a ser a espinha dorsal da obra, como Las Mil Y Una Noches, onde as histórias que Sherezade insere servem à obra para seguir em frente ... e para salvar sua vida, noite após noite.


O conteúdo do artigo segue nossos princípios de Ética editorial. Para relatar um erro, clique Clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

*

*

  1. Responsável pelos dados: Miguel Ángel Gatón
  2. Finalidade dos dados: Controle de SPAM, gerenciamento de comentários.
  3. Legitimação: Seu consentimento
  4. Comunicação de dados: Os dados não serão comunicados a terceiros, exceto por obrigação legal.
  5. Armazenamento de dados: banco de dados hospedado pela Occentus Networks (UE)
  6. Direitos: A qualquer momento você pode limitar, recuperar e excluir suas informações.